Aprenda métodos para ler melhor

Aprenda métodos para ler melhor

Ler, reler e ler de novo pode ser ótimo para absorver melhor o conteúdo e decorar as informações. No entanto, se não estivermos entendo completamente o que está escrito, esse processo será inútil. Muitas pessoas confundem o aprendizado com ler novas informações, o que está completamente errado. Para aprender alguma coisa por meio da leitura, não basta, somente, passar os olhos pelas notícias de um jornal. É preciso ler com profundidade, buscar novas fontes, pesquisar os termos que você não conhecia e tentar se envolver ao máximo nessa experiência.

Leitura inteligente

O filósofo e escritor norte-americano Mortimer Adler, famoso por suas teorias pedagógicas, escreveu, na década de 1980, a obra “Como ler livros”, que ganhou o status de guia absoluto da leitura inteligente.

Em seu livro, Adler identifica quatro níveis de leitura: Elementar, Inspecional, Analítico e Comparativo. O que define o nível de leitura são os objetivos do leitor e o tipo de material que está sendo analisado por ele.

Ler um romance, um livro de Platão ou uma revista de fofocas exige diferentes tipos de habilidades. Para isso, antes de começar a passar os olhos pelos texto, pare e analise qual dos níveis de leitura e quais habilidades farão com que aquele material seja melhor aproveitado.

Os níveis de leitura

O nível elementar é aquele ensinado para as crianças nas escolas; o inspecional é uma leitura rápida, mas não superficial, capaz de identificar informações essenciais nos pequenos detalhes, como a capa e a biografia do autor; O nível analítico é aquele em que o leitor mergulha no conteúdo, absorvendo cada informação do livro. O comparativo é o mais complexo, pois exige a leitura de vários materiais sobre o mesmo tema, para fazer comparações e gerar novas ideias.

Passo a passo: veja como aplicar as técnicas

  •  Antes de escolher um livro para ler, ative no seu cérebro o modo inspecional. Ele vai ajudar a achar o material que mais se encaixa com as suas necessidades e objetivos;
  • O segundo passo é usar o nível analítico para identificar palavras-chave e conseguir ter um entendimento profundo do conteúdo. Se necessário, enquanto estiver lendo as palavras do autor, traduza-as em sua cabeça para a sua própria linguagem.
  • Ao invés de focar nos assuntos que o autor está discorrendo, concentre-se no que você está tentando descobrir com aquela leitura. Esse exercício ajuda a ver com mais clareza as respostas e soluções que estão escondidas no texto.

Fonte: Universia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *